sábado, 26 de novembro de 2011

Conjunto 707 - Fórmula 707 - 1966


Músicos
Antônio Diniz (orgão, acordeon e arranjo)
Ailton José Roncato (vibrafone)
Waldomiro Lima (guitarra)
Divaldo B. Oliveira (piano, vibrafone)
Victor Batista Lopes (piston)
Pedro Chrispim (sax tenor)
Walter Bento (baixo, guitarra)
Altamyr Sarmento (guitarra)
Geraldo Lamanna (bateria)
Benedito Vilela (vocal)
José Carvalho e Benedito dos Santos (percussão)

Músicas
01 - Você (Roberto Menescal/Ronaldo Bôscoli)
02 - Amanhecendo (Roberto Menescal/Luis Fernando Freire)
03 - Io Che Non Vivo (Senza Te) (Donaggio/Pallavicini)
04 - Night And Day (Cole Porter)
05 - Vivo Sonhando (Tom Jobim)
06 - Midnight Lace (Lubin/Howard)
07 - Deus Brasileiro (Marcos Valle/Paulo Sergio Valle)
08 - Starway To The Stars (Parish/Malneck/Signorelli)
09 - Midnight On The Cliffs (L. Pennario)
10 - Um Sonho e o Mar (Walter Bento)
11 - Levanta Mangueira (Luis Antônio)
12 - Fotografia (Tom Jobim)

* Esse disco acho que nunca saiu em CD. Procurar por Conjunto_707_1966 no google.

Lennie Dale e Bossa Três - 1964


Músicos
Luiz Carlos Vinhas (piano)
Edison Machado (bateria)
Tião Neto (contrabaixo)

Músicas
01 – Só Danço Samba (Tom Jobim/Vinicius de Moraes), Old Devil Moon (B. Lane), How High The Moon (M. Lewis/N. Hamilton), O Samba Da Minha Terra (Dorival Caymmi), Something Makes Me Wanna Dance With You (D. Rodgers/C. Romoff)
02 - No Dollar Bills (B. Lane), Samba Do Avião (Tom Jobim)
03 – Perdido (Tizon/Duke Ellington), Day In Day Out (J. Mercer/R. Bloom), Samba De Uma Nota Só (Tom Jobim / Newton Mendonça), Improvisação Bossa Três (Luis Carlos Vinhas)
04 – Tamanco no Samba (Orlandivo/Hélton Menezes)
05 – Corcovado (Tom Jobim)
06 – Lover (Rodgers/Hart), Bim Bom (João Gilberto), Dance Bossa Nova (Roberto Menescal/Aloysio de Oliveira), Dance Passarinho (Chico Feitosa), Loose Walk (Stitt/Richards), Não Ponha A Mão (Bucy Moreira/Arnô Canegal/Mutt)
07 – Two Ladies In The Shade Of The Banana Tree (Harold Arlen/T. Capote)

* Esse disco foi gravado ao vivo, em 1963, no Bar e Restaurante “Au Bom Gourmet”, em Copacabana, Rio de Janeiro. Pela data, é um disco bem gravado.