segunda-feira, 15 de junho de 2015

Marcos Valle - O Compositor E O Cantor - 1965


Músicos
É aquela turminha de sempre que gravou diversos discos para a antigas Odeon:

Eumir Deodato (piano)
Edson Maciel (trombone)
Dom Um Romão (bateria)
Wilson das Neves (bateria)
Hamilton Pereira Cruz (trompete)
Maurílio da Silva Santos (trompete)
Rubens Bassini (percussão)
Sérgio Barrozo (contrabaixo)
Jorginho da Flauta (Jorge Ferreira da Silva) (flauta e sax alto)
Aurino Ferreira de Oliveira (sax barítono)
J.T. Meirelles (sax tenor)
Walter Rosa (sax tenor)

Tem uns gringos aí:
Paul Winter (flauta)
Pat Rebillot (piano)
Richard Evans (contrabaixo).

Alguns músicos já são conhecidos nossos, outros usei o site "Discos do Brasil" para completar. 

Link abaixo:
http://www.discosdobrasil.com.br/discosdobrasil/consulta/detalhe.php?Id_Artista=AR0351

Acho que tem o Cipó nessa bolacha, mas não garanto. A conferir.

Músicas
01 - Gente
02 - Preciso Aprender A Ser Só
03 - Seu Encanto (Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle/Pingarilho)
04 - Passa Por Mim
05 - Samba De Verão
06 - A Resposta
07 - Deus É Brasileiro (lado B)
08 - Dorme Profundo (Marcos Valle/Pingarilho)
09 - Vem (Marcos Valle/Luiz Fernando Freire)
10 - Mais Amor
11 - Perdão
12 - Não Pode Ser
13 - Vamos Pranchar
14 - Deus É Brasileiro (instrumental)

* Todas as outras músicas são composições de Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle. As trilhas 13 e 14 não fazem parte do LP original (vinil).

* Novamente o grande amigo Eumir Deodato aparece como arranjador e orquestrador. A garotada vai evoluindo.

* Nesse disco temos duas das músicas mais conhecidas de Marcos Valle: "Preciso Aprender A Ser Só" e "Samba De Verão". Essa última estourou nos EUA com arranjo de Walter Wanderley.

É um disco muito bem gravado para a época.



quarta-feira, 20 de maio de 2015

Leo Gandelman - Vip Vop - 2012


Continuando. Sonzeira.

Leo Gandelman - Vip Vop - Nego Tá Sabendo - 2012


Continuando a curtir esse DVD do Leo.

Como amadureceu esse rapaz. Som de primeira.

Vou até dormir em paz.

Leo Gandelman - Vip Vop - 2012 - Lançamento



Sonzaço. Poderia até dizer: um som viril, típico do Sambajazz. Odeio esse nome. Mas, foi assim que ficou conhecido nos anos 50 e 60. Prefiro hard bossa, que também não é legal.  Melhor dizer Bossa sem banquinho e violão.

Obrigado Leo Gandelman por esse disco. Parece um pouco com aqueles disquinhos do J.T. Meirelles, mas, tudo bem, está ótimo.

José.

Leo Gandelman - Vip Vop - 2012


Músicos
Leo Gandelman (sax tenor)
David Feldman (piano)
Aberto Continentino (contrabaixo)
Renato Massa (bateria)
Serginho Trombone (trombone)

Músicas
01 - Sinal Vermelho
02 - Nego Tá Sabendo
03 - Vip Vop
04 - Luz Azul
05 - Lançamento
06 - Numa Boa
07 - Neshama (para meu pai)
08 - Camisa 7
09 - Reza
10 - Alma Cubana

* Todas as músicas são de Leo Gandelman e David Feldman, exceto Reza, autoria de Edu Lobo e Ruy Guerra.

Sinopse
"Quando eu penso em saxofone brasileiro, penso em Leo Gandelman. Ao longo da carreira, este amigo, músico, arranjador, compositor e produtor posicionou sua parabólica na direção de inúmeras vertentes e elementos do jazz, mas nunca abriu mão de nossas raízes culturais e artísticas, construindo nota por nota, escala por escala, disco por disco, um vocabulário pátrio para seu instrumento e sua música. Sua marca é sua assinatura sonora, quem acompanha sabe. O projeto Vip Vop chega em um momento bastante oportuno. A bossa nova e o samba jazz, gêneros fundamentais na formação de Leo, desfrutam de um momento mais favorável do que anos atrás, época em que, para nosso espanto, mostravam-se abandonados. A pesquisa do cancioneiro bossanovístico e o relançamento de álbuns dos acervos das gravadoras são ações essenciais, e constituem um braço fundamental na preservação da identidade-memória da música brasileira. Porém, temos que fazer mais, muito mais! A bossa nova e o samba jazz precisam ser gravados, dando origem a novos discos e shows, onde as composições inéditas ganharão corpo, espaço e público. A bossa nova e o samba jazz precisam ser tocados ao vivo por aí, nos palcos da vida. Precisam de respeito e, acima de tudo, de cuidado. E é nessa hora,que Vip Vop ganha importância. O trabalho de Leo Gandelman e seu grupo retoma as diretrizes da obra de nossos grandes mestres que ali, no fim dos anos 50 e início dos anos 60, contribuíram, decisivamente, para que nossa música deixasse de serapenas regional para se tornar universal. É por isto que, quando ouvimos e assistimos Vip Vop, ouvimos e assistimos também a arte de Tom Jobim, João Gilberto, Moacir Santos, Luiz Eça, Roberto Menescal, J.T. Meirelles, Victor Assis Brasil, Edison Machado, Milton Banana, Johny Alf, João Donato, Paulo Moura e muitos outros. Sem eles nós não estaríamos aqui,não é?

Comentários de Charles Gavin 04/2012

* Bom som.

sábado, 16 de maio de 2015

Banda Mantiqueira - Terra Amantiquira - 2005



Músicas
1 – Vovô Manuel (Nailor Azevedo = “Proveta”)
2 – Samba de Minha Terra/Saudade da Bahia (Dorival Caymmi)
3 – Pau de Arara/Último Pau de Arara /Qui nem Jiló (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira)
4 – Eu e a Brisa (Johnny Alf)
5 – Santos Jundiaí (Edson José Alves)
6 – Airegin (Sonny Rollins)
7 – Feminina (Joyce)

Quem quiser conhecer a turma, aí vai o link: 

http://www.bandamantiqueira.com.br/

Muito bom. Bandão. Recomendo.


quarta-feira, 13 de maio de 2015

Marcos Valle - Samba "Demais" - 1963


Músicos
Marcos Valle (violão)
Roberto Menescal (violão)
Geraldo Miranda (violão)
Eumir Deodato (piano)
Alberto Viana Gonçalves (sax barítono)
Nicolino Cópia (Copinha) (flauta)
Edson Maciel (trombone)
Hamilton Pereira Cruz (trumpete)
J.T. Meirelles (sax tenor)
Jorge Ferreira da Silva (Jorginho da Flauta) (sax alto)
Orlando Silva de Oliveira Costa (Maestro Cipó) (sax tenor)
Maurílio da Silva Santos (trompete)
Ugo Marotta (vibrafone)
Sérgio Barrozo (contrabaixo)
Juquinha (bateria)
Nilton Delfino Marçal (percussão)

Para o primeiro disco do garoto, o time é muito forte.

* Informações sobre os músicos, vide blog 
http://www.discosdobrasil.com.br/discosdobrasil/consulta/detalhe.php?Id_Artista=AR0351

Músicas
01 - Vivo Sonhando (Tom Jobim)
02 - Amor De Nada (Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle)
03 - Moça Flor (Durval Ferreira/Luiz Fernando Freire)
04 - Canção Pequenina (Pingarrilho)
05 - Razão Do Amor (Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle)
06 - Tudo De Você (Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle)
07 - Sonho De Maria (Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle)
08 - Ela É Carioca (Tom Jobim/Vinícius de Moraes)
09 - Ilusão À Toa (Johnny Alf)
10 - Ainda Mais Lindo (Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle)
11 - E Vem O Sol (Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle)
12 - A Morte De Um Deus De Sal (Roberto Menescal/Ronaldo Bôscoli)

O primeiro disco de Marcos Valle. Os arranjos estão a cargo de outro garoto: Eumir Deodato. Com 20 anos, os garotos já eram bons demais.